sexta-feira, 18 de maio de 2012

O corvo diz "Nunca mais..."



À passos lentos me segue a solidão
Faz tremer meu corpo fraco, largado no chão.
Pra sempre presa a fantasmas do passado
E junto deles arrasto meus pecados.

Caminho na chuva com calma
Olhos virados na sua direção
Eu posso ver sua alma 
Não diga que não.

"Nunca mais" escuto o corvo a sussurrar
"Pra sempre te amarei mesmo sem te amar", grito ao me desesperar
Corro na chuva sem calma
As gotas me ferem a fio de navalha.

Não vá, ainda não
Temos um por-do-sol
Dançaremos embaixo do lençol
E abraçaremos nossa solidão.

4 comentários:

  1. Que blog mais deploravel! Me entristece profundamente ver pessoas como você se dizendo góticas pois só servem para envergonhar esse estilo de vida.Suas postagens são pobres, suas abordagens mediocres e você denota muita ignorancia e pretensão pois não tem talento para escrita.Por favor exclua esse blog lixo ou mate-se,qualquer um dos dois será otimo,mas se tu fizeres ambos ao mesmo tempo fará um bem sem igual a humanidade! LIXO de blog LIXO DE AUTORA

    ResponderExcluir
  2. sabe o que é mais lamentável?? Pessoas que utilizam de perfil Fake para criticar, se queres expor suas opiniões fique a vontade, mas pelo menos tenha o bom censo de dizer coisas coerentes, existem duas regrinhas básicas que são essenciais para a convivência na sociedade, primeiro: se ninguém te perguntou ou pediu sua opinião, você não da, segundo: se a sua opinião não for de critica que possa ser útil você também fica calado(a). Estou sempre aberta a ouvir criticas CONSTRUTIVAS, então se quiser me xingar, me criticar ou qualquer coisa que seja pelo menos tenha a dignidade de se mostrar.

    ResponderExcluir
  3. Belíssimo escrito srta Vera,
    Está de parabéns,
    Tenha uma Bom dia!

    ResponderExcluir
  4. Muito bom.. Gosteii..

    ResponderExcluir

Seguidores